ATA OFICIAL DO ENCONTRO INTERNACIONAL DE CULTURA, NEGÓCIOS E TURISMO ÉTNICO

Publicado em 03/09/2019 21:54

Em 30 de Novembro de 2017, no Auditório da Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo, situada na Rua Maua, 51 centro da capital,no período das 14 ás 18 horas, ocorreu a realização do “ ENCONTRO INTERNACIONAL TÉCNICO DE CULTURA, NEGÓCIOS E TURISMO ETNICO”, uma realização organizada pela Associação Nacional do Turismo Afro Brasileiro -ANTAB, em parceria com a empresa FHS CONSULTORIA DE TURISMO ÉTNICO & NEGÓCIOS.

A organização do evento contou ainda com a participação da Associação Brasileira de Hostels, da
Bernatur Turismo & Intercâmbios como parceiros diretos na execução.

Os apoiadores da atividade foram, á Fundação Cultural Palmares que representou também ao Ministério da Cultura; a Coordenação de Ações Afirmativas da Seppir, que representou também o Ministério de Direitos Humanos; o Coletivo de Empresários Afro Brasileiro – Ceabra; á Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo; á Plataforma
Diáspora Black; o Instituto Angolano de Comércio Exterior e Mediação; a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo; á São Paulo Turismo; á Frente Brasil Favela; á Favela Scene e o Conselho Municipal da Comunidade Negra de São Paulo.

A abertura do evento se deu ás 14:00 horas com a saudação realizada pelo presidente da Associação Nacional do Turismo Afro Brasileiro – ANTAB, senhor FRANCISCO HENRIQUE SILVINO a todos os participantes, fazendo em seguida a composição da mesa de autoridades do evento que contou com as seguintes personalidades:- Sr. ERIVALDO DE OLIVERA SILVA – Presidente da Fundação Cultural Palmares; Sra. ROSELI DE OLIVEIRA – Coordenadora de Assuntos Temáticos e Ações Afirmativas da Seppir representado o Ministério de Direitos
Humanos; Sr. BARNABÉ MANUEL – Presidente da Bernatur Turismo & Intercâmbios; Sr. JOÃO PAULO
AMORIM – Presidente da Associação Brasileira de Hostels e Novas Hospitalidades; Sr. GILSON

FUMAÇA – Presidente do Favela Scebe; Sr. CARLOS – Diretor da Plataforma Diáspora Black.
O presidente da ANTAB, abriu os trabalhos realizando um resumo sobre as atividades efetuadas pela entidade ao longo dos anos, com referência ao Turismo Étnico e também ao Afro Negócio, em seguida passou a palavra ao Presidente da Fundação Cultural Palmares, senhor ERIVALDO OLIVEIRA SILVA que fez uma palestra de grande
riqueza colocando a necessidade de haver maior participação da comunidade negra dentro dos projetos existentes no país, ele destacou com muita ênfase ao trabalho que foi realizado na Serra da Barriga em Alagoas, também fez destaque a necessidade de implantação de políticas publicas para o setor, colou a FCP a disposição para atuar
junto ao Governo Federal em busca de soluções para a valorização do seguimento e confirmou a presença da FCP como integrante do Grupo de Trabalho formado por sugestão dele mesmo que dará continuidade as ações e projetos que serão elaborados e trabalhados em prol do setor no Brasil.

Em seguida a senhora ROSELI DE OLIVEIRA da Seppir, fez sua manifestação colocando a importância do evento, para toda a população negra brasileira, que é marginalizada em vários aspectos. Citou sobre a questão da existência do RACISMO INSTITUCIONAL, das poucas oportunidades que existem para os negros na atividade turística brasileira. Mencionou com muita propriedade a necessidade de que se haja maior cobrança de ações por parte de todos, nas questões de soluções imediatas para o problema do preconceito e desigualdade em todas as áreas no
país. Ela também ressaltou a importância do Grupo de Trabalho que foi idealizado e construído que será a frente de atuação para o seguimento junto aos parlamentares em todas as esferas.

O empresário e presidente da Associação Brasileira de Hostels e Novas Hospitalidades, senhor JOÃO PAULO AMORIM, foi o terceiro a se pronunciar fazendo referência ao trabalho que se feito dentro do setor de hospedagens nos hostels. Ele citou com veemência que os políticos precisam estar mais próximos das necessidades que o setor de turismo das “minomaiorias” precisam para se estruturar e desenvolver.

O presidente da Bernatur Turismo & Intercâmbios, senhor BERNABE MANUEL, fez a citação de que existe muito interesse por parte dos africanos e afro americanos em conhecer o Turismo Étnico no Brasil, ele destacou que a realização de mais ações direcionadas pode com certeza aumentar a valorização dos produtos e destinos turísticos,
fazendo com que haja cada vez mais pessoas com intenção de viajar para o Brasil em busca de novas experiências.

Foi destaco ainda, que os quilombos são o maior produto de interesse em visitação por parte dos africanos e afro americanos e que com o desenvolvimento de projetos de capacitação junto as comunidades, pode levar com certeza para todos os moradores do espaço maiores oportunidades de geração de renda e sustentabilidade.

Na sequência o Guia de Turismo Étnico e Presidente do Favela Scene, senhor GILSON FUMAÇA fez menção ao trabalho de Turismo Comunitário na Favela de Santa Marta no Rio de Janeiro, citou ainda que existe um grande potencial no setor do Turismo Étnico que não é explorado.

Uma das ações mais importantes destacada por é a necessidade de se haver á integração entre as lideranças no Brasil que trabalham pela ascensão do setor.

No pronunciamento do senhor CARLOS, Diretor da Plataforma Diáspora Black, obteve-se no evento um momento especial, com a apresentação de percentuais de consumo dos afro brasileiros, números de valores de consumo dos afro americanos com viagens pelo mundo, ações de acolhida dentro do setor de hospedagem e a colocação de necessidade de aprimoramento de capita;cão de parceiros para a ampliação de ações de trabalho dentro da categoria.

O presidente do Instituto Angolano de Comércio Exterior e Mediação, senhor JOEL CARLOS fez também sua apresentação, mostrando com muito conhecimento que o mercado de relações comerciais entre o Brasil e os países de Língua Portuguesa pode crescer ainda mais com a integração cultural e do turismo. As oportunidades podem ser muito maiores e o crescimento econômico notório. Esta projeção é real, o mercado de Turismo Étnico é uma riqueza a ser trabalhada e este evento inicia esta ação direta.que trará muito benefícios para os quilombolas e para as
comunidades no Brasil.

Ao final o presidente da ANTAB, FRANCISCO HENRIQUE SILVINO fez sua fala destacando que se faz necessário que os negros venham a ser reconhecidos como protagonistas dentro do turismo nacional, porque a maioria dos atrativos de destaque no cenário são atividades e realizações feitas e idealizadas pela cultura afro brasileira. Ele
citou que o pouco reconhecimento das ações da comunidade negra, que na sua maioria são de famílias pobres e humildades, das periferias na união ocorrer porque não são feitos projetos para que valorize a cultura e a história dos negros. Ele afirmou que se faz necessário que a negritude ocupe espaços na sociedade em todas as áreas.
Disse também que só haverá o reconhecimento da importância dos negros na sociedade, quando houver a visão de que a própria raça negra tem que ser gestora da sua arte e de tudo aquilo que produz.

Ele destacou ainda o projeto GUETTO BRASIL HOLDING, que foi apresentado a todos os participantes do evento e que será efetuado junto as FAVELAS e QUILOMBOS no estado de São Paulo e Bahia, através de ações de empreendedorismo social e qualificação profissional.

Também fez citação a necessidade de se haver investimentos por parte da iniciativa privada e do governo nas idealizações e atividades que venham a propiciar a formação e capacitação de pessoas dentro das áreas de favelas e quilombos.

Em conversa com o presidente da FCP, ficou definido que haverá de forma imediata o inicio do trabalho conjunto entre todas as entidades e representações que estiveram no evento Já sendo determinado que a segunda edição do ENCONTRO INTERNACIONAL DE CULTURA, NEGÓCIOS E TURISMO ÉTNICO, será feita em Novembro de 2018
na Assembleia Legislativa dos Deputados do Estado de São Paulo.

Ficou definido também que ocorrerá AUDIÊNCIAS PÚBLICAS em estados e municípios brasileiros, sobre o seguimento de TURISMO ÉTNICO, EMPREENDEDORISMO E AFRO NEGÓCIO, sempre com a meta de mostrar os diversos atrativos e oportunidades que este setor pode trazer para as comunidades.

A regulamentação de serviços, a realização de eventos de qualificação profissional na área de turismo; a cobrança junto ao governo de ações igualitárias para os negros; a inclusão do seguimento afro nas entidades e comissões do
setor em todo o Brasil, a busca de capitação de receita junto aos governos para a implementação do setor; a criação de cotas que obriguem o mercado a ter negros e afro descendentes em todas as atividades organizadas no cenário de turismo no país e a criação de linha de crédito para afro descendentes que queiram iniciar atividades comerciais dentro de favelas e quilombos; são metas que serão direcionadas e trabalhadas pelo Grupo de Trabalho do “ GUETTO BRASIL “ formado no evento para representar as comunidades nas FAVELAS, QUILOMBOS e o TURISMO ÉTNICO no Brasil.

O evento se encerrou ás 18:20 horas, com a deliberação de que os trabalhos do GT GUETTO BRASIL se iniciam já a partir deste dia 05 de Dezembro com a busca de condições para a participação de representantes da ANTAB e da

ABHOSTELS na reunião do Conselho Nacional de Turismo em Brasilia.
A assinatura do TERMO DE PARCERIA entre a
ANTAB e a ABHOSTELS, ocorrerá dentro de uma
reunião do GT GUETTO BRASIL, que será agendada
para ocorrer na segunda quinzena do mês de
Dezembro de 2017.

 Em anexo segue a lista de composição dos
integrantes do GRUPO DE TRABALHO GUETTO
BRASIL

Assinam o presente documento as lideranças que
realizaram todo o planejamento do evento
ENCONTRO INTERNACIONAL DE CULTURA,
NEGÓCIOS E TURISMO ÉTNICO

_________________ ___________________
FRANCISCO H. SILVINO JOÃO PAULO AMRIM
ANTAB ABHOSTELS

_________________ ____________________
BERNABE MANUEL JOEL CARLOS
BERNATUR TURISMO INSTITUTO ANGOLANO




<< Voltar